segunda-feira, 28 de novembro de 2011

Tudo o que você precisa saber sobre Roller Derby

Apesar da pouca idade, Drew Barrymore é uma das atrizes mais experientes e divertidas de Hollywood. A atriz que já coleciona 63 títulos, em 2009 decidiu rodar seu primeiro longa como diretora e nos trouxe Ellen Page no papel principal (a queridinha de Juno). Quer saber sobre o que o filme de Drew falava? Sobre um esporte muito divertido, o Roller Derby.

Roller Derby é um clube da Luluzinha, já que só mulheres podem praticar o esporte.  O jogo é simples, consiste em uma pista redonda e dois times de cinco patinadoras cada. Dividido em dois tempos de 30 minutos, o objetivo parece fácil. Uma das meninas, chamada de Jammer , leva uma estrela no capacete e tem como objetivo ultrapassar todas as oponentes da pista. A função do resto do time é bloquear a passagem e ajudar a Jammer, por isso são chamadas de Blockers. A cada ultrapassagem o time ganha um ponto, por fim ganha o time que pontuar o máximo de vezes.

O mais legal desse jogo é que por mais que seja um jogo de mulherzinha, de mulherzinha mesmo não tem quase nada.  As blockers têm de usar o corpo para impedir as adversárias, por isso empurrão e “chega-pra-lá” é totalmente permitido.  As únicas coisas proibidas são usar as mãos para derrubar oponentes e chutes. O resto tá liberado. Talvez por isso os hematomas sejam os grandes troféus das meninas que praticam o Roller Derby, elas sempre mostram com orgulho. Em muitas partidas existe até um mural da dor para exibirem os melhores hematomas, que elas chamam de “Wall of pain”.

Uma coisa que tem atraído as meninas a praticarem esse esporte, é que além de divertido, qualquer uma que esteja disposta a praticar pode. Não há restrições sobre altura, peso ou aparência. Estilo também é algo sem restrições, as meninas customizam seus uniformes e sempre colocam muito estilo na hora das partidas. Meias arrastão, muita maquiagem e cabelos coloridos são itens que não faltam na pista. Além das roupas as meninas também possuem nomes pro jogo, ninguém vai pra pista com seu nome verdadeiro.  A questão do nome é levada tão á sério que existe uma lista mundial para evitar repetições, tudo catalogado pela WFTDA (Women’s Flat Track Derby Association), a associação internacional responsável pelo esporte.

Em 2009, surgiu aqui no Brasil a primeira liga brasileira de Roller Derby. O Objetivo dessas meninas é colocar o esporte nos jogos olímpicos e criar ligas oficiais de competição. Meninas do país inteiro estão se preparando para a Copa do Mundo que será realizada no mês que vem no Canadá, embora ainda não exista nenhum campeonato aqui no Brasil. Se você gostou da ideia e tá querendo entrar nesse jogo, basta procurar a liga mais próxima. O melhor caminho é a página no Facebook da Roller Derby Brasil. Você só não pode esquecer o seu clássico patins quad speed, e dos itens de segurança como luvas, joelheira, cotoveleira, munhequeira e protetor bucal. Hematomas podem até ser bonitos no esporte, mas lesões não.


A Helen Quintans é louca pra formar uma liga. E então? Quem se candidata?






6 comentários:

  1. Adorei esse filme e fiquei tarada nesse esporte!
    Sei que a Pat Grejanin, dona da Laundry, joga. Então tem liga em SP.

    Beijo!

    ResponderExcluir
  2. Então, mas que tal uma liga em Campinas?

    ResponderExcluir
  3. Página do Roller Derby em Campinas!

    http://www.facebook.com/pages/Roller-Derby-Campinas/201407529882403

    ResponderExcluir
  4. Opa! uma Liga em minas, q tal!

    bjo bjo bjo
    http://paradoxoali.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  5. Voltando para agradecer a visita e dizer que já estou seguindo! bjus

    ResponderExcluir
  6. dica de filmes são sempre bem vindas :)

    ResponderExcluir

Copyright © 2017 Pronto, usei!