Pronto, falei! As ditadoras da moda

No dia 20 de de abril, a ISTOÉ dinheiro publicou uma matéria polêmica sobre o investimento de marcas famosas em blogs de moda. ( leiam aqui...

No dia 20 de de abril, a ISTOÉ dinheiro publicou uma matéria polêmica sobre o investimento de marcas famosas em blogs de moda. (leiam aqui). É chato dar ênfase nessas coisas que não merecem ser comentadas, mas é uma coisa séria. Séria porque alguns empresários e blogueiras estão fazendo a festa com várias meninas mal instruídas, que caem nesse papinho. 

A matéria falava sobre "a primeira prime network de moda no Brasil" (seja lá o que isso quer dizer) em que estão reunidos 25 blogs (com certeza você conhece alguns dessa listinha) com conteúdo e produtos destinados a galera que tem grana. Pra você acessar essa tal "prime network" é feita uma seleção, já que o acesso é restrito, sendo que possivelmente não serão aceitas mulheres com manequim maior que 46 (entenda possivelmente como não aceitas). Quem é aprovado tem acesso a ofertas de looks formados por estas blogueiras. Resumo da história: Só entra quem tem dinheiro e quem for magro para comprar roupas que algumas blogueiras escolheram.
O problema em si não é essa empresária que criou o negócio, pois ela se aproveitou de uma tendência. Afinal é comum blogs lucrarem às custas de leitoras.  Mas sim, blogueiras ditarem o que você tem que usar ou deixar de usar, vender um estilo de vida de uma minoria, cultuar marcas ao invés de priorizar a qualidade e vender o seu peixe ao tom de "amiga blogueira", tudo a partir de posts pagos. É fato que todo mundo precisa vender o seu, mas partir pro conselho de amiga é dose. Pra não dizer um palavrão.
O Pronto, falei! de hoje vem pra dizer que é ridículo um bando de "ninguém" ditar moda, se tornarem o tão falado termo "ir girl" e te dizer que usar roupas de grife é chique. Não é necessário que alguém te diga o que você tem de vestir. Se gostam de se vestir bem, se inspirem, procurem mas não copiem. Os estilistas estudam, pesquisam, são artistas, mas de nada adianta ele criar alguma coisa que ninguém vá usar. 
Aqui no nosso blog raramente postamos sobre tendências ou falamos em marcas. Nossa ideia sempre foi criar conteúdo que fosse diferente, que pudesse agregar algo a quem lê e reunisse ideias. Tudo isso porque acreditamos que o que você usa está ligado à sua personalidade e ao que você gosta. Qual é a sua personalidade se você copia?

Sandy Quintans
@sandyquintans

Veja também

3 pronto, falei!

  1. O pior é que elas têm público, algumas têm séquito, ao que concluo que o povo anda com preguiça de pensar. Especialmente porque elas escrevem com erros gramaticais crassos, e muitos textos lhes são entregues prontos para mera reprodução.
    Só não ver quem não quer.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Exatamente. Concordo plenamente com você.

      Excluir