A Arte de Gustavo Nénão.

Chame do que quiser: grafiteiro, publicitário, artista plástico, a profissão de Nénão é o que menos importa diante de sua arte. Eu e a Hele...

Chame do que quiser: grafiteiro, publicitário, artista plástico, a profissão de Nénão é o que menos importa diante de sua arte. Eu e a Helen nos tornamos fãs de seu trabalho desde que nos deparamos com o muro que traz o grafite do Macaulay Culkin. Todos os dias ao passarmos em frente ao muro, nos sentíamos felizes por alguém ter retratado tão bem algo representou parte de nossa infância. Quase três anos depois de  descobrir a arte, só agora conseguimos conhecer de perto o trabalho deste artista preocupado com causas sociais e em levar seu trabalho da melhor maneira possível para as pessoas. Nénão topou dar uma entrevista para o Pronto, usei! onde tivemos o prazer de conhecê-lo melhor. O encontro foi na Agência Mixa, com direito a sanduíche feito por ele e tudo.
Gustavo acreditava que seria jogador de futebol, mas pra nossa sorte o grafite falou mais alto. Apesar do sonho, sempre gostou de desenhar e o que começou como pichação, hoje o tornou um dos mais importantes artistas da região. “Você nunca vai imaginar grafite como profissão. Você faz teste vocacional e dá publicidade, arquitetura, ilustrador, mas nunca grafite”.
Quadros desenvolvidos por Gustavo Nénão
Trabalho desenvolvido para o Espaço MOG, em Campinas
Espaço MOG, em Campinas
Nénão e o "nosso" muro

Apesar de o grafite ter se tornado mais comum, ainda existe o preconceito. Isso ocorre porque muitas pessoas confundem o tipo de arte com a pichação, que segundo Gustavo, a diferença está na autorização. “Mesmo chamando de grafite, existem muitas pessoas que não gostam, acham feio. Ás vezes você está preparando o muro, alguém passa e liga pra polícia”, conta Nénão.  Apesar disso, o grafiteiro explica que isso já melhorou muito, as pessoas passaram a respeitar e a apreciar. 
Casa Cor 2011
Gustavo Nénão fazendo arte no 16 Tattoo Studio, em Campinas.
Ots X Nénão
VIP Center
Recentemente o artista fez um intercâmbio cultural, em que teve o prazer de visitar o Chile. Lá fez dois trabalhos e recebeu o reconhecimento dos chilenos que não conheciam suas técnicas de trabalho. “Fui lá pra trocar experiências, saber sobre o país e foi muito legal. Cheguei lá e as pessoas diziam ‘nunca tinha visto esse tipo de estilo, não conhecia as técnicas que você usa’”. Nénão se animou em conhecer outros lugares e no final do ano já está de viagem marcada para a Bolívia e prepara planos para conhecer Peru e Argentina.
Trabalho por Nénão em Santiago do Chile
Trabalho em Santiago do Chile
Em parceria com a Santa Costura de Todos os Panos, Nénão lançou a coleção masculina ‘Santo’, em que desenvolveu peças e estampas exclusivas e funcionais junto com Gabriele Meirelles. “Eu quis desenvolver uma roupa em que pudesse usar tanto pra sair a noite ou para o dia a dia. Quis fazer algo para o pessoal que gosta e admira a arte”. A dupla desenvolveu estampas e peças retrô e uniu a itens modernos para peças versáteis.
Coleção assinada por Gustavo Nénão para Santa Costura de Todos os Panos
Coleção assinada por Gustavo Nénão para Santa Costura de Todos os Panos
Além da moda e grafite, Nénão é interessado em obras sociais, e vê na arte uma maneira de mudar a vida das pessoas. “O social é importante, acho que não podemos só pensar em dinheiro”. Um dos projetos que o artista comentou foi o trabalho social que fez com a Piparote, associação que dá aulas de ballet para crianças carentes. A visita de Nénão junto com seus amigos e parceiros rendeu em brinquedos, comida, grafites e a alegria das crianças. 
Uma das crianças da Associação Piparote Foto: Christian Camilo
Trabalho desenvolvido da Associação Piparote Foto: Christian Camilo
Trote Solidário - Trabalho desenvolvido na Sociedade Pro-Menor em Campinas
Trote Solidário - Trabalho desenvolvido na Sociedade Pro-Menor em Campinas
Pra quem é de Campinas, sabe que a arte de Nénão está espalhada por toda a cidade, seja na publicidade ou na vontade de deixar a cidade mais bonita. Atualmente, o grafiteiro desenvolve seus trabalhos na Agência Mixa com o conceito de misturar Publicidade e Arte. “Procuro estudar e adquirir todas as técnicas porque tudo o que você for fazer tem que trabalhar com propriedade”.
Agência Mixa (no dia em que visitamos o Nénão) Foto: Helen Quintans
Agência Mixa (no dia em que visitamos o Nénão) Foto: Helen Quintans
Quem quiser saber mais sobre o Gustavo Nénão, acesse o site ou no Facebook



Sandy Quintans
@sandyquintans

Veja também

3 pronto, falei!

  1. Uma vez tentei grafitar, depois disso resolvei volta para o papel!

    ResponderExcluir
  2. cara nao é graffiteiro, é um artista plastico que apenas utiliza o spray, é um fake

    ResponderExcluir