The Bling Ring - A Gangue de Hollywood

“Eu realmente acredito em carma. E acho que essa situação entrou em minha vida para que eu pudesse aprender uma importante lição para cre...

“Eu realmente acredito em carma. E acho que essa situação entrou em minha vida para que eu pudesse aprender uma importante lição para crescer e me desenvolver espiritualmente. Posso me ver me transformando em alguém como a Angelina Jolie.”

Esse  é um trecho da entrevista dada à Nancy Jo Sales, da Vanity Fair, por Alexis Neier, a mais midíatica da gangue que assaltava casas de celebridades em Hollywood. O artigo “The Suspects Wore Louboutins“ inspirou o novo filme da Sofia Coppola, The Bring Ring, além de um livro.
Um grupo de adolescentes de um endinheirado subúrbio de Los Angeles, obcecados por celebridades , arrombava casas e roubava dinheiro e objetos de marcas como Chanel, Gucci, Tiffany, Cartier e Marc Jacobs. Entre 2008 e 2009, a gangue furtou o equivalente a 3 milhões de dólares em roupas, jóias e peças de arte de astros como Paris Hilton, Lindsay Lohan, Orlando Bloom e Audrina Patridge.
A história real dos garotos de Los Angeles contém temas recorrentes na obra de Sofia Coppola, como o narcisismo, a obsessão com celebridades e o vazio da fama. Embora o visual  do filme seja bacana, e seja divertido ver o closet da Paris Hilton, o filme é vazio. O aspecto dramático da história não é explorado e esse distanciamento  transformou o projeto num retrato sem emoção e meramente factual.


Vale pela atuação competente da Emma Watson, como Alexis Neier , pela direção visualmente atrativa de Sofia Coppola e pela trilha sonora cuidadosamente escolhida para ilustrar a vida de luxo e festas dos protagonistas.

Minha nota? Digamos que não perdi o ingresso.

Helen Quintans.
@helenquintans

Veja também

0 pronto, falei!