A revolução de Laurence Anyways

O Tumblr costuma ser o meu mapa do tesouro. É lá que eu descubro boa parte das coisas legais do universo. Músicas, atores, tendências de co...

O Tumblr costuma ser o meu mapa do tesouro. É lá que eu descubro boa parte das coisas legais do universo. Músicas, atores, tendências de comportamento e de moda, e claro, filmes. E eu amo esse universo de descobertas. Num dia desses dei de cara com vários gifs de um filme de 2012, fiquei extasiada com aquelas imagens e tive de descobrir qual era. E assim comecei a mergulhar na história e estética de Laurence Anyways

Laurence Alia é um professor que vive um romance intenso com a explosiva Fred Belair. O início do filme se compromete a retratar a relação dos dois para nos preparar para o que vem a seguir. Um dia Laurence decide contar a Fred que ele não se identifica com o gênero masculino e que ele não quer mais ser homem. E aí que começa a metamorfose do romântico professor e escritor que ama Fred perdidamente.

Mais importante que a narrativa do filme, é a estética criada pelo diretor prodígio Xavier Dolan, que já havia se tornado queridinho da crítica europeia por Eu Matei Minha Mãe e Amores Imaginários. Em algumas cenas, ele nos faz mergulhar na revolução criada por Laurence. Também não poderia deixar de falar sobre o figurino do longa, que traz referências marcantes das décadas de 70 e 80.

Laurence Anyways me fez pensar  sobre as coisas das quais abrimos mão em busca do que queremos. Me fez pensar sobre diferenças, igualdades e revoluções. Me fez pensar, principalmente, sobre a arte de amar e nem sempre ser correspondido.

Sandy Quintans
@sandyquintans

Veja também

1 pronto, falei!

  1. Esse filme tá na minha lista. Pena que ainda não encontrei algum jeito de assistir! ):

    Strawberry Fields

    ResponderExcluir