Joana leu: Belo casamento, de Jamie McGuire

Belo casamento Jamie McGuire editora Verus  126 páginas  "Como num conto de fadas moderno, sabemos que Travis e Abby se casar...

Belo casamento
Jamie McGuire
editora Verus 
126 páginas
 "Como num conto de fadas moderno, sabemos que Travis e Abby se casaram e foram felizes para sempre... mas quanto realmente conhecemos dessa história? Por que Abby fez o pedido de casamento? Que confidências eles trocaram antes da cerimônia? Onde passaram a noite de núpcias? Quem sabia que eles iam se casar e guardou segredo? Todos os detalhes sobre o casamento deles eram secretos, até agora. Nesse livro todas as perguntas serão respondidas, e a estória é contada pelo ponto de vista dos dois personagens."

De toda a trilogia da autora Jamie McGuire, esse acabou sendo o meu livro preferido. Talvez por ele ser mais breve e mais objetivo que os anteriores, que, como comentei nas resenhas, têm alguns diálogos meio confusos e acabam enrolando muito para resolver os conflitos da estória.

Depois de ler a mesma estória duas vezes, uma pela visão de Abby e outra pela perspectiva de Travis, aqui encontramos um spin-off de "Belo desastre" e "Desastre iminente", onde o casal revela como aconteceu seu casamento, em detalhes: desde a decisão que Abby teve que tomar para se casar de repente, e os motivos que a levaram a fazê-lo, até o durante e o depois da cerimônia.

Para quem gostou do estilo bad boy que Travis representava nos livros anteriores, vai se decepcionar com o novo comportamento do garoto aqui; ele tenta a todo custo controlar sua raiva e não espancar qualquer pessoa que pareça estar dando em cima de Abby. Ela, por outro lado, tenta de tudo para proteger seu amado, mesmo que para isso tenha que ficar contra tudo e contra todos.

É muito legal conhecer esse outro lado de Travis, mais carinhoso e mais próximo de um cara real. Também gostei da Abby mais madura, mas segura de si e disposta a começar uma nova vida ao lado dele.

O ponto forte do livro é a narrativa dupla: cada capítulo é contado por um dos personagens, sendo intercalado por um e por outro, proporcionando ao leitor uma ampla visão dos acontecimentos e dos sentimentos dos dois. Isso é legal porque, nos dois primeiros livros, eu não conseguia me adaptar com a terrível mania dos personagens não terminarem suas frases, não se abrirem um com o outro, e deixarem as coisas mal resolvidas por boa parte do tempo.

Gostei muito do livro, mas acho que ele era desnecessário. Me passou a impressão de se tratar apenas de uma parte do primeiro livro que acabou ficando de fora para não deixá-lo ainda mais longo. Apesar disso, ele é o meu preferido da trilogia.

Quem leu "Belo desastre" e "Desastre iminente", vai gostar de "Belo casamento" e vai conseguir ligar todos os pontos do enredo. Para aqueles que não leram, talvez não seja uma leitura indicada, já que seria complicado entender a trama por trás do casamento de Abby e Travis.

Joana Masen
@joana_masen

Veja também

0 pronto, falei!