Passeios - A Bienal do Livro

No último sábado fomos conferir de perto a Bienal de Livro de São Paulo deste ano e tivemos um dia ótimo e repleto de coisas interessantes...

No último sábado fomos conferir de perto a Bienal de Livro de São Paulo deste ano e tivemos um dia ótimo e repleto de coisas interessantes. Com pouca grana no bolso, fomos com a intenção de aproveitar promoções, os debates, palestras, autógrafos e apresentações que estavam na programação e mal vimos o dia passar. Até parece que com todo o nosso amor pelos livros nós perderíamos essa, né?



Pra começar fizemos um passeio geral pra ver o que estava rolando.  E de cara já caímos numa promoção de livros de arte, todos por R$ 5. Nem conseguíamos escolher qual queríamos mais (a Helen então, nem se fale!). Depois seguimos em frente no nosso garimpo de promoções e caímos no stand do SESC. Foi aí que  a coisa que ficou feia, porque encontramos tantos livros baratos que não conseguimos nem carregar. Aliás, fica a dica, leve carrinhos de feira ou uma mala com rodinhas pra poder carregar tudo, pois nós tivemos que pagar o guarda-volumes (que custa R$15) pra dar conta do recado. Na próxima edição, prometemos solenemente não cometer o mesmo erro. 


Uma de nossas prioridades pro evento, era pegar um autógrafo do Ziraldo, que estaria no stand da Melhoramentos a partir  das 15h30. Pra isso, decidimos pegar nossas edições que líamos quando éramos criança. A Helen levou a primeira edição de "Flicts" e a Sandy levou "Uma Professora Muito Maluquinha". Depois de 2h30 de fila, enfim a recompensa, ganhamos nossos autógrafos nas nossas edições do coração e fotos pra guardar de recordação <3.

Nossa reação ao ver o autógrafo de ~zoeira~ do Ziraldo no livro da Sandy.
E o Flicts da Helen recebendo a marca registrada do autor <3

Depois da maratona atrás de Ziraldo, saímos bem em tempo de pegar o debate que estava rolando em um dos espaços do evento, com os autores Maria Adelaide Amaral ("Anjo Mau" e a "A Casa das Sete Mulheres"), Marçal Aquino ("O Cheiro do Ralo" e " Eu Receberia as Piores Notícias dos Seus Lindos Lábios") e George Moura ("Amores Roubados" e "O Canto da Sereia"). Eles falaram de um tema que nós interessamos muito,  sobre adaptação literária para roteiros de cinema e TV. O encontro foi muito produtivo, em que cada um contou sobre suas dificuldades e um pouco de seus trabalhos fantásticos.


Pra fechar com chave de ouro, tivemos um pequeno impasse de horários, em que teríamos de decidir entre ver a palestra com o fantástico fotógrafo Sebastião Salgado e o show de Lirinha. Optamos pela segunda opção e não nos arrependemos. Conhecemos o trabalho de Lirinha há um tempão e depois do fim de Cordel do Fogo Encantado, ainda não tínhamos tido a oportunidade de conhecer o trabalho solo. Ficamos encantadas e muito felizes com o show (apesar de a iluminação do show quase ter nos cegado, hahaha).


Sem dúvidas vivemos o dia intensamente. Mal podemos esperar pela próxima edição para ter mais experiências fantásticas como essa <3.

Sandy e Helen Quintans
@prontousei

Obs.: Com exceção das fotos do Ziraldo, todas as imagens são do site oficial da 23ª Bienal do Livro de São Paulo.

Veja também

0 pronto, falei!