Cinematura - Um Dia

Lembro muito bem quando eu assisti ao trailer de "Um dia" pela primeira vez. Fiquei louca pra ver um filme da diretora de "E...

Lembro muito bem quando eu assisti ao trailer de "Um dia" pela primeira vez. Fiquei louca pra ver um filme da diretora de "Educação", com Jim Sturgess e a Anne Hathaway. Eu tinha ficado animadíssima por uma história de vidas que se reencontram ao longo do tempo, assim como era o filme "De repente é amor". Depois de conseguir assistir, adorei e no Natal seguinte ganhei meu exemplar do livro de David Nicholls. Assim, passei meus dias de descanso na praia lendo ao romance de Dexter e Emma, enquanto tomava um pouco de sol.
Emma e Dexter se conhecem no último dia da faculdade e acabam se envolvendo em uma amizade, cercada de romance. A história se passa durante vários anos e conta cada reencontro deles e aos poucos vai mostrando as mudanças de cada um, anseios e a construção do amor dos dois.
O que mais gosto no romanceé a mudança que a vida traz pra cada um, do amadurecimento dos personagens e dos reencontros. Enquanto Emma é uma garota centrada, que opta pela simplicidade, Dexter é ligado a bens materiais e sonha em fazer fama com a carreira na televisão. Inclusive essa diferença tão grande entre os dois é mais um atrativo do enredo.
Como em toda adaptação que se preze, há muitas diferenças entre a versão do livro e a do filme, mas considero que foi muito bem feita. Adorei a forma como Anne e Jim deram vida aos personagens e da forma como a adaptação foi conduzida. Por ser um romance que se passa em vários anos, foi muito importante essa caracterização e a mudança de visual dos atores. O que me pareceu bastante convincente. Gosto de dizer que por mais best-seller que seja, é uma boa história pra se pensar no amor e no tempo.
Sandy Quintans
@sandyquintans

Perdeu algum Cinematura? Não tem problema, não. É só clicar, aqui.

Veja também

0 pronto, falei!