Especial de Fim de Ano do P! - Os filmes do nosso ano

Adoramos essa época do ano, apesar da correria imensa típica, é muito bom poder pensar nas coisas boas e ruins que aconteceram ao longo dos...

Adoramos essa época do ano, apesar da correria imensa típica, é muito bom poder pensar nas coisas boas e ruins que aconteceram ao longo dos doze meses. É claro que por amarmos cinema das mais diversas formas, não poderíamos deixar de comentar os filmes que mais gostamos de ter encontrado em 2014. Por isso, decidimos reunir os cinco longas que mais adoramos de cada uma (que não necessariamente foram lançados neste ano). Vem ver:

Helen


Esse ano foi correria do começo ao fim, e eu acabei fazendo mais filmes que assistindo (haha!). Além disso, assisti muita série e uma das minhas resoluções para 2015 é ir mais ao cinema.
Bom, depois espremer muito meu cérebro, essa é a minha micro lista:

Grande Hotel Budapeste - Ah, eu não amava tanto um filmes desde O Fabuloso Destino de Amèlie Poulain. As cores, personagens, a fotografia especial... Embora muito crítico por aí diga que Wes Anderson é muita estética e pouca história, o diretor tem sempre muito a dizer em seus contos cativantes.


Philomena - Judi Dench está adorável nesse filme, que conta a história real da busca de uma mãe pelo seu filho. Ao invés de fazer o espectador se debulhar em lágrimas, Stephen Frears o leva junto com a protagonista, em sua jornada, de forma singela e sensível.


Hoje Eu Quero Voltar Sozinho -  Uma graça! Eu já havia me apaixonado pelo curta e o longa matou a vontade de 'quero mais'.  Daniel Ribeiro pega um tema clichê - o primeiro amor -  e o aborda num universo diferente - o da homossexualidade e da necessidade especial. Com personagens convincentes, o filme nos envolve por sua simplicidade.


The Broken Circle Breakdown - Além da trilha sonora espetacular, esse filme me toca pela sua beleza dolorida. A história fala do amor do casal Didier e Elise, seu drama com o câncer da filha Maybelle e como sua parceria  e crenças são testadas  com esse problema. Outra coisa que torna esse filme especial é o fato do diretor Felix Van Groeningen  ter feito um excelente trabalho com pouco dinheiro, conduzindo o filme com uma estética precisa e uma narrativa impecável. Os atores se entregaram de corpo e alma, com interpretações bem pessoais. Em uma palavra: maravilhoso!


A Vida Secreta de Walter Mitty -  Ben Stiller não é meu ator preferido, mas algumas vezes ele consegue conquistar meu coração. Foi o que aconteceu nesse filme, que fala da aventura de Walter Mitty em busca de uma foto do importante fotógrafo Sean O'Connell (Sean Penn), que foi escolhida pra ser a capa da última edição da revista Life. A fotografia do filme é muito bonita e a trilha sonora merece destaque. Me diverti do começo ao fim.






Sandy


Por estar na correria chamada TCC, acabei que não assisti uma grande quantidade de filmes, mas minhas poucas escolhas foram muito certeiras. No começo do ano, me desafiei listar todos que fui assistindo (você pode acessar aqui). Por um lado foi muito mais fácil listar sem recorrer à memória, mas por outro foi tão difícil escolher quais eram os meus preferidos já que gostei de quase tudo do que vi. Depois de muito pensar, eis aqui a minha listinha:

Tracks - Não foi apenas um dos melhores que vi neste ano, mas também na vida. Eu fui assistir porque sou uma grande fã da Mia Wasikowska e também do Adam Driver (pois como já disse, gosto muito de Girls). Mas acabou se tornando um presente pela sua história emocionante e por uma fotografia sensacional. O filme é baseado em fatos reais e conta a vida de uma jovem moça que decide que quer atravessar sozinha o deserto da Austrália, com apenas alguns camelos e sua cadelinha. 

Garota Exemplar - No meio do meu cansaço com o meu projeto de conclusão de curso, minha mente estava tão conturbada que não conseguia me concentrar em muitos filmes. E esse foi um que fiquei tão compenetrada com todas as reviravoltas, que me apaixonei pelo roteiro. 

Boyhood - É um filme com um roteiro muito simples, mas que transmite uma coisa fantástica para quem assiste. Para quem não conhece a história, o filme foi rodado ao longo de doze anos, pra contar a vida de um garoto e as tramas que o cercam. É lindo. 

Her -  Lá no comecinho do ano, quando me preparava para o Oscar, tive o prazer de assistir essa história do Spike Jonze e fiquei encantada com tudo. O roteiro, extremamente original, a trilha sonora, as atuações, tudo. Sem contar sua mensagem, que nos faz refletir sobre nossa ligação com a tecnologia e onde isso tudo pode dar. 

Azul é a Cor Mais Quente - Eu me envolvi nesta história de uma forma que fiquei surpresa. Quando vi, estava assistindo um filme de três horas, rindo em cada alegria e chorando em cada tristeza deste casal. Depois até acabei lendo o Graphic Novel que deu origem ao filme e montei um Cinematura especial pra isso. Um dos romances mais bonitos que tive o prazer de assistir. graphic novel 

E você, já sabe quais foram seus filmes preferidos de 2014? 
Pronto, usei!
@prontousei 

Veja também

0 pronto, falei!