Joana leu: Bela distração, de Jamie McGuire

Bela Distração Jamie McGuire editora Verus 304 páginas "Cami Camlin é uma garota intensa e independente, dona do próprio...

Bela Distração
Jamie McGuire
editora Verus
304 páginas
"Cami Camlin é uma garota intensa e independente, dona do próprio nariz desde a época do ensino médio. Agora, cursando a faculdade e trabalhando como bartender no The Red Door, Cami não tem tempo para nada, até que uma viagem para visitar seu namorado é cancelada e, pela primeira vez em quase um ano, ela tem um fim de semana de folga. Trenton Maddox era o rei da Universidade Eastern. Os caras queriam ser como ele, as mulheres queriam domá-lo. Mas, depois de um trágico acidente virar sua vida de cabeça para baixo, ele deixa o campus para lidar com a culpa esmagadora. Um ano e meio depois, quando Trenton pensa que sua vida está voltando ao normal, nota Cami sozinha numa mesa do Red Door. Como irmã mais velha de três caras de pavio curto, Cami acredita que não terá problemas para manter a amizade com Trenton no nível estritamente platônico, e ainda continuar seu namoro à distância. Mas, quando um Maddox se apaixona, é para sempre, nem que tenha que enfrentar a família e os temores do passado."

Nesse spin-off da trilogia Belo Desastre, conhecemos outro membro da família Maddox, que tem o perfil parecido com o de Travis: mulherengo, briguento, tatuado e que não leva desaforo para casa. Trenton viu sua namorada morrer num acidente de carro em que ele era passageiro, e isso ainda o atormenta tanto, que ele não consegue deixar outra pessoa dirigir para ele.

Cami, a bartender bonitona que saiu de casa assim que entrou para a universidade a fim de fugir de um pai violento, que batia na mãe e não respeitava a individualidade de seus filhos, é muito independente e apaixonada por seu namorado. Mas ele está sempre ausente, por causa de seu trabalho enigmático, deixando a moça muito sozinha. Apesar disso, ela se contenta com essa relação, já que sabia desde o início que seria assim.

Trenton e Cami estudaram juntos quando crianças, mas não tinham muito contato, e voltam a se encontrar casualmente no bar onde Cami trabalha, exatamente no final de semana que seu namorado lhe deu um bolo. Assim como Travis, Trenton sabe ser bem convincente quando quer alguma coisa, e vai aos poucos deixando claro seu interesse por Cami.


Durante esse final de semana, nasce entre os dois um companheirismo perigoso, que preenche o espaço vazio deixado pela namorado de Cami, mesmo que ela tente negar. Trenton, por outro lado, sabe bem que quer conquistar a garota, e vai ficando cada vez mais perto dela. Não há como resistir ao charme dele, ainda mais quando Cami está se sentindo tão carente de atenção.

Aos poucos a confusão vai se formando: Cami acaba se apaixonando por Trenton, sabe que ele sente a mesma coisa, mas não quer terminar o namoro à distância, pois sempre soube que o namorado não seria muito presente, e aceitou essa condição, agora não acha justo deixá-lo baseada exatamente na sua ausência. Mesmo abrindo o jogo com ele desde o início de sua relação com Trenton, ele parece não se irritar, e quer continuar o namoro como ela a qualquer preço.

Claro que não é difícil trocar um namorado que está a quilômetros (e meses) de distância, por um cara meigo e atencioso como Trenton, e eles acabam assumindo a relação. Em meio a esse triângulo, existe um segredo que Cami não pode revelar, pois prometeu ao ex que nunca o faria, mas teme que Trenton descubra e sofra muito. Infelizmente, mesmo não procurando pistas ou detalhes sobre o assunto durante a leitura, ficou claro para mim desde o início qual era esse segredo.

Nas resenhas que fiz de Belo Desastre, disse que não gostei de tanta violência, e da falta de comunicação entre Travis e Abby, mas aqui é bem difrente: as brigas são moderadas, já que Trenton não é um lutador, e a química entre ele e Cami funciona perfeitamente. Mas não se enganem achando que Trenton foge de uma boa briga, pelo contrário, ele é tão esquentado quanto o irmão mais novo, mas parece saber se controlar melhor, e só bate em alguém quando a pessoa ameaça Cami de alguma forma.

O casal de Bela Distração é perfeito! Eles se entendem, conversam, mostram seus sentimentos e deixam claro que ambos têm problemas, têm um passado difícil, mas concordam em enfrentar tudo isso juntos.

Alguns conflitos surgem no caminho do casal, como a família problemática de Cami, com o pai alcólatra e a mãe submissa que aceita ser espancada sem reclamar, e a constante aparição do ex de Cami, que, ao ver que a moça estava namorando com outro cara, resolve compensar toda a ausência e surge sem aviso para tentar reconquistá-la. 

Gostei mais desse livro do que dos anteriores da Jamie, por achá-lo mais leve, sem tantas brigas e sofrimento. Há momentos em que as estórias de Belo Desastre e Bela Distração se cruzam, e isso deixou tudo muito interessante, pois ambientou o enredo, sem parecer que se passava num universo totalmente novo. 

Apesar de ter gostado muito do livro, a fórmula usada pela autora é a mesma dos anteriores, e até parece que ela seguiu um roteiro para escrever essa nova estória: a universitária que divide um apartamento com a amiga, que por sua vez tem um namorado que frequenta o local livremente; a família desestruturada, que atrapalha a relação do casal; a importância das tatuagens no enredo; as noitadas dos Maddox quando se sentem frustrados e a demora para o casal de protagonistas terem a sua primeira relação sexual. Há sim alguns detalhes que diferem as obras, mas enquanto lia, me perguntei se a autora consegue escrever algo que fuja desse formato.

Se o meu preferido até agora tinha sido Belo Casamento, ele acaba de perder seu lugar: Bela Distração tem mais a minha cara, com mais momentos românticos e menos pancadaria. Acho que Cami é uma personagem muito bem construída, e Trenton é mais maduro que Travis, não faz tanto drama e está tentando levar uma vida normal depois do trauma que sofreu. Posso tranquilamente me imaginar vivendo com ele, e certamente ele conquistaria meu coração. E que venham os outros irmãos Maddox!

Joana Masen
@joana_masen

Veja também

0 pronto, falei!