Passeios - 31ª Bienal de São Paulo, Obras Selecionadas

Depois de muito tempo sem conseguir postar nenhum passeio aqui no blog, finalmente conseguimos! Estamos nos sentindo vitoriosas em consegu...

Depois de muito tempo sem conseguir postar nenhum passeio aqui no blog, finalmente conseguimos! Estamos nos sentindo vitoriosas em conseguir compartilhar nossa última aventura, que rolou no Sesc daqui de Campinas. Embora não tenha sido muito planejado (só ver pelas fotos de celular), fazia algumas semanas que queríamos visitar a 31ª Bienal de São Paulo - Obras Selecionadas, uma exposição itinerante que tá rolando no Sesc Campinas e também no Sesc Rio Preto. 


O título da Bienal é "Como (...) coisas que não existem", em que as reticências devem ser substituídas por "reconhecer", "lutar por", "ler sobre", "usar", "imaginar" e o que mais você quiser. Deve ser por isso, que no espaço há tantas coisas completamente diferentes, mas todas muito curiosas e interessantes, que realmente te levam a reflexão. Logo que cegamos já demos de cara com esta obra grandiosa de um artista chamado Éder Oliveira, que mostrava retratos de jovens negros encontrados nas páginas policiais. É impressionante o tamanho destas pinturas.


Sem dúvida, o que mais gostamos foram todas as instalações que traziam vídeos, todos muito interessantes que causam os mais diversos questionamentos. O primeiro (e nosso preferido) trazia um curta de jovens da turquia, que pediam pela conservação de seu bairro (uma versão resumida do vídeo abaixo). Também tinha um que falava da Festa do Divino, lá no Maranhão, intitulado "Nada é". Outro, chamado de "Ymá Nhandehetama", trazia as reflexões de um índio guarani e a relação com o homem branco. O último que vimos foi o "Apelo" que fala sobre a violência do país, tudo ambientado em um cemitério no município de Perus, em São Paulo.

Também adoramos as fotos da instalação "A última aventura", que trazia imagens do fotógrafo Romy Pocztaruk, que passou um mês percorrendo toda a rodovia Transamazônica (ou o que seria ela). As fotografias são muito interessantes, porque são carregadas de significado.


Tem dezenas de outras coisas interessantes que poderíamos comentar, mas como nós queremos que você visite a exposição pra ter a experiência que tivemos, vamos deixar que você aproveite e tire suas próprias conclusões :)


Serviço: 
O que?  31ª Bienal de São Paulo - Obras Selecionadas
Onde? No Galpão Multiuso do SESC Campinas
Quando? De 29 de março a 07 de junho de 2015
                Terça a sexta, das 8h30 às 21h. Sábado e domingo das 9h às 18h30 
Quanto?  GRÁTIS



Sandy e Helen Quintans
@prontousei

Veja também

0 pronto, falei!