As coisas preferidas - Versão Irlanda

De tempos em tempos é super divertido dar uma olhada nas coisas que são importantes pra você naquela etapa da vida. Agora que tô vivendo u...

De tempos em tempos é super divertido dar uma olhada nas coisas que são importantes pra você naquela etapa da vida. Agora que tô vivendo uma nova fase, é interessante perceber que essa lista de coisas que são essenciais pra mim não mudaram tanto assim, apesar de sentir que passei por várias mudanças nesses anos. Muitas das coisas da minha antiga lista acabei deixando em casa, mas elas continuam sendo infinitamente importantes e acho que isso só prova o quanto fizemos uma boa seleção. Na de hoje quis colocar apenas aquilo que tem sido essencial pra mim nesse período de intercâmbio. É praticamente todas as coisas que me deixam muito feliz por ter colocado na mala quando deixei o Brasil.


1. Kindle - Como vocês podem notar, infelizmente não tenho mais meu Kobo. Depois de anos de amor e convivência tive que partir pra um novo romance e desde o ano passado tenho usado o Kindle, por questões financeiras mesmo. Além de ser mais barato o e-reader, também temos mais opções de livros e mais promoções. Agora, se você não está convencido da maravilha de se ter um, vem ver esse post que preparei inteirinho só pra te ajudar a decidir sobre: aqui

2. Celular - Não dá pra ficar sem celular, então obviamente eu não poderia deixar o meu pra trás, né?Mas além de ser algo indispensável, na Irlanda ele ganhou um novo significado: é o portal de contato com a minha família e amigos que ficaram no Brasil. Acho que ele nunca teve essa importância como tem agora. 

3.Livro - Quando embarquei ainda tinha algumas leituras pendentes e por isso, resolvi trazer alguns livros comigo. Esse da Rita Lee, que é uma autobiografia, é tão maravilhoso que sempre dou uma risadinha quando termino a leitura de felicidade por ter trazido comigo. Li por recomendação desse povo maravilhoso da internet e não me arrependo nenhum um pouco dessa aquisição. 

4. Passaporte - Esse foi o primeiro passo que eu dei em busca de um sonho. Quando tirei o documento não sabia muito bem pra quê ele iria servir, se seria pra uma viagem maravilhosa ou se eu finalmente iria conseguir embarcar pra um intercâmbio. Tudo que eu sabia era que seria um símbolo do que poderia se tornar minha vida dali algum tempo. E dois anos depois, aqui estou eu, utilizando meu passaporte como identidade. 

5.Uma pergunta por dia - Comecei a fazer esse diário de cinco anos no final de 2015 e agora começou a se tornar muito divertido, porque comecei a me deparar com as respostas que eu coloquei nos anos anteriores. Basicamente, a ideia é responder uma pergunta por dia durante os próximos anos, pra depois comparar o quanto você mudou nesse período. É basicamente uma cápsula do tempo, que exige um pouco de disciplina pra mantê-lo em dia.

6. Oxford - Se alguém precisar me perguntar qual é o calçado que é a minha marca, eu teria que responder que é um Oxford. Infelizmente, deixei quase todos os meus no Brasil, mas me sinto muito feliz por ter trazido esse comigo. Ele representa os meus calçados preferidos e ainda vai bem com qualquer look. 

7. Suéter - Desde que eu comprei esse suéter no ano passado, usei o inverno todo e aqui na Irlanda tem sido uma das minhas peças de roupas preferidas, sem contar que é quente na medida certa. Ele simplesmente funciona com todos os looks que eu tenho e ainda é lindo. 

Sandy Quintans
@sandyquintans


Veja também

0 pronto, falei!